Vitaminas que ajudam a Prevenir a Queda de Cabelo

Vitaminas são parte importante da saúde dos fios. Isso porque a matriz capilar precisa de alguns nutrientes para crescer o cabelo de maneira saudável.

Devido ao estresse e à correria do século XXI – além do nosso consumo vitamínico ser maior – é normal que muitos corram para os fast-foods por causa da falta de tempo. Esses alimentos pouco nutritivos e com alta toxicidade são prejudiciais à saúde afetando também os cabelos.

Obviamente existem outros fatores que influem na queda capilar, como efeitos colaterais de medicamentos, problemas hormonais etc, mas a deficiência vitamínica é um dos grandes males. Sendo assim, apenas modificando um pouco a dieta, ou usando algum tipo de tratamento capilar, resultados incríveis podem ser obtidos.

Mas então quais são as vitaminas importantes para dar vida aos nossos fios? Trataremos mais afundo sobre esse assunto aqui.

Vitaminas mais importantes para o cabelo

Estudos mostram que as vitaminas mais importantes são as B, D e A. Além delas, outros nutrientes auxiliam bastante no tratamento, tais como:

  • Proteínas
  • Anti-Oxidantes
  • Ferro
  • Zinco
  • Biotina (Vitamina B7)
  • Acido Pantotênico (Vitamina B5)

Abaixo vamos entender um pouco mais sobre cada uma delas e onde encontrá-las. (E ah, saiba que o Nova Repair é um suplemento que ajuda no fortalecimento do cabelo mas não contém essas vitaminas abaixo, OK?)

Alimentos que contém vitaminas para o cabelo

  • Vitamina B:

Comumente encontrada nos shampoos, as vitaminas do complexo B fortificam os folículos capilares dando mais vida a eles além de reduzir a probabilidade de perdas e danos. A Biotina e o Acido Pantotênico estão inclusos aqui, por serem a vitamina B7 e B5, ou seja, estão dentro do complexo.

Um dos benefícios da Biotina é ajudar a evitar os fios brancos, já do Acido Pantotênico é justamente a fortificação dos folículos. No entanto, não é necessário se preocupar muito com as variações do complexo, visto que os alimentos geralmente o oferecem como um todo.

Comidas como carnes em geral (bovinas, suínas e peixe) são os que tem maior teor vitamínico. Grãos, leveduras, legumes e lentilhas também são importantes, mas não possuem o mesmo valor. Aliás, qualquer um dos citados, caso sejam processados, terão pouca, ou não terão vitamina B. Já a biotina e o Acido Pantotênico, podem ser especificamente encontrados – além de nesses outros alimentos – no ovo e no fígado bovíno.

  • Vitamina D

Especialistas comprovaram que as pessoas com pequena deficiência nessa vitamina, geralmente tem um desempenho atlético mais baixo e uma aparência mais frágil em relação aos que não tem deficiência. Além disso, estudos da clínica Mayo apontaram que talvez seja impossível crescer o cabelo de uma pessoa sem vitamina D!

Esse importantíssimo nutriente é encontrado em pouca quantidade nos alimentos sendo considerado ligeiramente “raro”. Carnes em geral (bovinas, suínas e frango), iogurte e leite são alguns deles, mas um fator importante – e famoso – é a exposição ao sol.

  • Vitamina A

Essa vitamina faz parte do grupo dos anti-oxidantes, mas deve ser ingerida com precaução, pois o excesso pode levar à queda de cabelo. É aconselhável consultar um nutricionista para saber a dieta ideal para o tratamento capilar com vitamina A. Figado, ovos e verduras verdes são opções de alimentos com grandes taxas do nutriente. Veja Monovin A.

  • Proteínas

As proteínas são a vida do cabelo compondo 90% de toda a sua estrutura junto ao complexo B. Sendo um dos principais nutrientes que fazem os fios ficarem resistentes contra danos, as proteínas são muito encontrados em condicionadores, tratamentos capilares e shampoos. Elas são conhecidas por serem muito encontrada em qualquer tipo de carne e aves.

  • Anti-oxidantes

Esses, conhecidos pelas vitaminas E, C e A, servem para uma pele mais bonita e saudável, além da estimulação do crescimento dos fios. Ambos devido ao estímulo do sistema imunológico e da eliminação de toxinas.

  • Ferro

Pouco ferro no organismo é sinal de anemia, mas não apenas isso. Pessoas com deficiência desse nutriente no sangue podem ter mais queda capilar. Aumentar a sua ingestão garante uma boa melhoria e isso pode ser conseguido com o consumo de feijão, fígado, carne bovina, verduras verdes etc.

  • Zinco

O zinco é um nutriente capaz de reverter diversos tipos de problemas no couro cabeludo. É adquirido em grandes quantidades em vegetais como pimentão e beterraba ou carnes vermelhas em geral.

Polivitaminicos para queda de cabelo

É sempre melhor investir numa mudança alimentar alterando sua dieta, mas, caso seja necessário, suplementos alimentícios também podem ser utilizados. Centrum e Emulvit são dois dos polivitaminicos famosos, mas existem alguns voltados exclusivamente aos cabelos. São eles:

  • Pantogar

Esse é feito à base de cistina queratina e associações. É indicado para aqueles que tem queda de cabelo por alguma razão desconhecida. Cabelo sem vida, enfraquecidos, não maleáveis, finos quebradiços etc são tratados por esse polivitaminico que custa em média 50 reais por caixa com 30 cápsulas.

  • Imecap Hair

O Imecap Hair torna mais resistente o aspecto geral dos fios reforçando as suas células de defesa mais profundas. Além disso, fortalece os cabelos, combate o bulbo capilar alterado, estimula o crescimento e ajuda no combate à queda. É feito com base em vitamina B6, biotina, proteína, zinco, selênio e cromo.

  • Innéov nutricare

Sendo esse a base de óleo de semente de groselha, licopeno e ômega 3, tem a função de melhorar a micro-circulação sanguínea do couro cabeludo e proteger o bulbo capilar. Tem um preço de aproximadamente 100 reais por uma caixa com 60 cápsulas.

  • Avicis

Essa loção capilar atua diretamente nos hormônios que impedem o crescimento do cabelo. Portanto, é indicado para a queda capilar por fatores hormonais ou calvície hereditária.

  • Loção antiqueda Anastim, da Ducray

Esse é outro polivitaminico que melhora a microcirculação do couro cabeludo, ajudando a prevenir os fios brancos e a queda de cabelo. Essa loção fortalece os fios aumentando a produção de queratina. Custa aproximadamente 140 reais por uma caixa com 8 flaconetes de 7,5 ml.

Por fim, é bom reiterar que vale a pena consultar um nutricionista em conjunto com um dermatologista, afinal, cada ser humano reage de maneiras diferentes a cada tipo de medicação. Outro bom polivitamínico para o cabelo é o Follixin. Ambos os profissionais que irão avaliar e dizer se o melhor é fazer uma reeducação alimentar ou usar algum tipo de polivitaminico.

Encontrou ótimas formas de utilizar vitaminas ou complementar uma vitamina para queda de cabelo? Compartilhe seus resultados e dúvidas!